Editorial
Top
Image Alt
  /  Livros e Filmes   /  Hasbro compra franquia Power Rangers da Saban

Hasbro compra franquia Power Rangers da Saban

Depois de 25 anos, a franquia Power Rangers tem uma nova dona. A série que adapta e “ocidentaliza” os tokusatsu do segmento Super Sentai (aqueles supergrupos com cada integrante uniformizado com cores diferentes) deixa os braços da Saban e agora pertence ao grupo Hasbro.

O acordo custou US$ 522 milhões, mas não engloba apenas Power Rangers: a Hasbro também levou séries como My Pet Monster, Popples, Julius Jr., Luna Petunia, Treehouse Detectives e mais. Haim Saban, criador dos Power Rangers e presidente da companhia que leva seu próprio nome, continuará como consultor.

A Hasbro já “namorava” a franquia há algum tempo, pois virou a licenciadora oficial de brinquedos de Power Rangers em fevereiro deste ano. A empresa já é dona de outras séries de longa duração bastante baseadas em brinquedos: Transformers e G.I. Joe (os bons e velhos “Comandos em Ação”).

O que pode acontecer

Com a nova marca, crescem as chances de Power Rangers entrarem em um mercado já bem conhecido pela nova dona: as animações. Além disso, o longa-metragem lançado em 2017 agora até pode ganhar uma sequência, que estava praticamente descartada.

Quadrinhos e séries de TV devem permanecer inalterados, já que são produtos que estão em alta. A série atualmente exibida se chama Power Rangers Super Ninja Steel e os produtos da Hasbro devem começar a sair somente em 2019.

Postado originalmente aqui

Revista colaborativa LBT

Publicar Comentário