Top

Dedo de Moça #1: Perdendo a virgindade!

dedo 1

Se você quer amor, chegue aqui
Se quer esquecer a dor, venha pra cá
Pois a ilusão é doce como o mel
E cada um sabe o preço do papel

Quem tem
E de onde vem
Es qualité no exterior   [Criolo – Bogotá]

 

Pra quem não conhece o Criolo eu me chamo Sadie. Tudo bem?

Vim aqui para falar em modo de escrita e não me julgue – conjugo verbos que não existem – mas possuo outras qualidades.

Sou boa de cama, por exemplo. Prolixa também, mas isso você vai perceber com o passar do tempo.

 

O intuito da coluna é responder perguntas sobre sexo e relacionamento.

Então abra seu coração e suas pernas e me conte o que aflige esse pequeno clitóris.

Avisos sobre a coluna:

  • Nana me sugeriu esse lindo nome para a coluna! Então fica aqui meu agradecimento público. Fico muito feliz em ter uma amiga com uma mente tão sacana e bonitinha capaz de juntar tudo que eu queria. Um orgasmo e meio pra você.
  • Pelo poder a mim constituído pela querida Maria gostaria de declarar que esta coluna é minha. Então eu não vou falar necessariamente o que você quer ouvir – o nome disso é ‘tentando te levar pra cama’.
  • Eu falo bastante palavrão, mas estou tentando melhorar, p***.  A boa notícia é que você não precisa ler. Juro!

Vamos a nossa primeira pergunta. Relaxa, a casa não é sua mas a cama pode ser:

Virgindade é um negócio complexo. Uma hora ela esta lá, outra hora vem alguém e tira ela de você.. é o que eu digo, não dá pra confiar em ninguém hoje em dia, tem que ficar esperta e equipada.

Primeiro, Parabéns!!! Você esta no caminho certo – tirando a parte de não tirar a virgindade, é claro – mas o negócio é isso mesmo: deixar ela molhadinha, confortável, com tesão e com vontade de você – por dentro.

Existem várias maneiras de se perder a vingindade: sóbria, com dor, sem dor, com muito tesão, suando frio e rezando pra ela acreditar que você é virgem mas com um dedo é complicado.

Depende muito da anatomia da menina! Se você coloca um dedo e ela reclama de dor você deve pegar ‘leve’, ou seja, você pode estar penetrando sem tirar a virgindade dela.

Fica a dica! Coloque dois dedos – após todo o amor, confiança, dengos e se possível um orgasmo – e comece devagar, depois coloque um pouco mais de pressão e força, você vai sentir a coisa ‘acontecer’. Se não conseguirem e a dor voltar eu aconselho uma visita. Pode ser pra mim, mas acho que vai encontrar um ginecologista mais perto, e ver o que ele diz.

Para conhecimento:

Existem vários tipos de hímen, então nem sempre vai sangrar, vai doer e isso nem sempre depende da sua parceira, pode ser tudo culpa do seu hímen!!!! É o que eu e o Homer sempre dizemos: A culpa é sua e você coloca em quem você quiser!

O mais comum é o anular, onde há um pequena passagem em forma de círculo Este é o que vai fazer você dar aquele gritinho de dor – e quem sabe, ter um pequeno sangramento.

O mais raro é o que eu chamo de hímen Thor. Impenetrável por natureza, só um bisturi pode dar jeito aconselho veemente que deixe um médico fazer isso sei que isso é importante pra você entendo ta tudo bem, vem cá não chora!!!!!!!

Esse tipo de hímen só tem uns furinhos e nenhuma abertura que permita a penetração! Já sabemos que esse não é o caso da sua primeira dama! Toca aí 0/

Acho que deu. Né?

Beijo meu,

Sadie

P.s.: perguntas que vão ser postadas aqui para: [email protected]
P.s.: Não precisa criar um e-mail fake, eu não escrevo nomes e geralmente mudo as perguntas ou vocês acham que vou publicar aquelas bíblias que vocês escrevem?

Ela e outras Mulheres, e outras mulheres, e mais um pouco...