Top

Autores da HQ ‘Batwoman’ se demitem após proibição de casamento lésbico em revista

A DC Comics, responsável por publicar as histórias da Liga da Justiça e de heróis como Batman e Flash, teve mais uma baixa no seu time de artistas.

J.H Williams e W. Haden Blackman, responsáveis pela história dos quadrinhos da Batwoman, se demitiram após a editora ter vetado uma a união lésbica entre a personagem principal da série e sua companheira, Capitão Sawyer.

O pedido de casamento tinha rolado em uma edição anterior – e até rendeu um prêmio para a DC da GLAAD, uma instituição que reconhecer representações da comunidade LGBT em meios de comunicação, como televisão e, claro, quadrinhos.

Williams e Blackman, que desenvolvem a trama há três anos, publicaram uma carta em seu blog mostrando que a proibição foi a gota d’água em um copo já muito cheio: a DC vinha obrigando os escritores a mudarem os enredos dos quadrinhos, culminando com a proibição do casamento de Kate (Batwoman) e Maggie (Capitão Sawyer).

“Nós estamos arrasados por ter que sair, mas nós sentimos que todos vocês merecem histórias que empurrem os personagens para frente”, escreveram no final da carta, anunciando que ficarão apenas até a 26ª edição da revista.

Os fãs da série se manifestaram a favor da decisão dos escritores em mensagens escritas na rede social Twitter – dá para acompanhar, inclusive, a conta oficial de Williams.